26 de junho de 2011

Perdoar é preciso


O que significa perdoar? Perdoar significa absolver, renunciar a punir, é ter a capacidade de independente do mal que nos fizeram, simplesmente compreender que não devemos retribuir com a mesma moeda, mostrando que somos seres superiores.
Liberar perdão não é algo muito fácil de ser feito, principalmente quando somos acusados, feridos, ofendidos, caluniados, traídos ou magoados, mas é algo que deve fazer parte do nosso Eu. Por quê? Porque nós seres humanos precisamos compreender que somos falhos e que estamos todo o tempo sujeitos a errar.
Quando erramos chegamos logo à conclusão de que não agimos propositalmente, que foi algo que nos passou despercebido, mas essa não é a visão que temos quando as pessoas erram conosco, talvez se tivéssemos essa visão, com certeza seria bem mais fácil perdoá-las. Tudo bem, podemos até compreender que nem todas as pessoas são assim, que existem pessoas que verdadeiramente querem o nosso mal, que fazem tudo para nos destruir, que querem acabar conosco e aí como nos comportar em relação a elas?
Perdoar não significa esquecer, não significa que devemos apagar o que as outras pessoas fizeram de ruim conosco, pelo contrário, cada vez que as vemos lembramos mais do que nunca, mas aí que entra o perdão, ou seja, olhamos para estas pessoas e mesmo com todo o mal causado não conseguimos puni-las. Difícil né? Não disse que era fácil, mas é algo que precisamos fazer. A Bíblia nos orienta a perdoar o nosso próximo 70 x 7 vezes ao dia, imagine só ter que perdoar uma única pessoa diariamente 490 vezes? Fazendo isso Deus poderá nos perdoar e assim perdoaremos a nós mesmos na mesma proporção. Quando liberamos perdão conseguimos ao mesmo tempo nos libertar de toda mágoa, rancor, raiva, ira, sentimentos de vingança etc.
O que fazer para liberar o perdão? A melhor maneira para conseguir liberar perdão é sempre pensar positivamente, entender que nada na nossa vida acontece por acaso, nem as coisas ruins, pois Deus tem propósito em tudo, e assim desta forma todas as coisas tem a sua permissão, se Deus permite que algo assim aconteça, ele quer que aprendamos algo com isso, então a melhor forma é encontrar o lado positivo de cada situação, por pior que seja, tudo tem um lado positivo. Quando isso acontece conseguimos eliminar 50% do desejo de vingança e da falta de perdão. O que fazer com os outros 50% restante?Com o restante passamos a compreender que não devemos nos igualar as pessoas que nos feriram, somos seres humanos melhores; se agirmos igual estaremos sendo igualmente maus, devemos nos sentir superiormente melhores, e isso verdadeiramente acontece quando perdoamos; significa que somos humildes, bons, compreensivos, incapazes de desejar o mal a alguém, independente de quem quer que seja. Somos maiores, melhores, quando perdoamos.Claro que perdoar nem sempre significa fazer as pazes, reatar, reconciliar, talvez em algumas situações teremos que manter distância, nos tornar indiferentes para que o sentimento de perdão permaneça.

"Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete." (Mateus 18:21-22)

Mônica Bastos