24 de julho de 2015

O livro Geração de Valor e as lições de um Silva que brilha

“ Era só mais um Silva que a estrela não brilha”...

Sim, talvez verdadeiramente esse fosse o futuro do Flávio Augusto, caso tivesse carregado consigo esse muro ideológico: “Quem nasce pobre morre pobre”. No entanto, movido pelo seu instinto empreendedor, decidiu deixar de seguir os padrões e fórmulas de sucesso de uma sociedade movida à exclusão social e criar seus padrões fundamentados em seus próprios conceitos, princípios e valores. Que é o que ele constantemente chama de: “Sair do fluxo da boiada e pensar fora da caixa”. O contexto desafia o empreendedor a avançar ou recuar. É um desafio natural do dia a dia.
O livro Geração de Valor, escrito pelo Flávio Augusto, faz jus ao nome, pois nos ensina que Empreendedores de sucesso, de antemão, necessitam gerar VALORES. Não valores impostos pela sociedade, que cria em nós uma mentalidade pequena, medíocre, matando os nossos sonhos, norteando as nossas decisões, transformando-nos em verdadeiros perdedores. Mas de valores gerados a partir de uma visão inovadora e empreendedora que não abre espaço para entulhos, como fórmulas e regras preestabelecidas.
“ Não dá para construir um prédio em cima de entulhos.”
Geração de Valor traz um conjunto de ideias que subvertem os antigos conceitos de Empreendedorismo, por combater veemente tudo aquilo que aprendemos anteriormente acerca do assunto, abrindo a nossa visão para um novo conceito que comprovadamente deu certo, ou seja, não há fórmulas para empreender. Somos protagonistas da nossa própria história. “Nós somos responsáveis pelo que fazemos. Temos a chance de pegar o leme da nossa vida e assumir o controle.” Uma história que com certeza haverá altos e baixos, certo e errado, sucesso e fracasso. Mas uma história que nos dará Know-how que com certeza só será adquirido com as experiências e principalmente resultados.
Não é um livro enganador, onde nos é dado o mapa da mina, aquele mapa que nunca nos leva a lugar algum. Mas um livro que nos inspira a sonhar, deixando-nos claro que para realizar sonhos, precisamos de muita coragem para assumir riscos e principalmente de muito trabalho para que tudo em algum momento se concretize. Abrindo os nossos olhos para a verdadeira realidade a qual estamos inseridos, ou seja, nos ensinando que mesmo traçando metas e nos dedicando muito, ainda assim podemos fracassar. O que não podemos permitir é que o medo de fracassar nos impeça de seguir adiante. E mesmo que o fracasso em algum momento nos alcance, não podemos permitir que o mesmo impeça-nos de inovar e fazer diferente. Crescer não é fácil, é desafiador e gera muito desconforto, mas “Sempre vai existir uma oportunidade para quem quer empreender e fazer acontecer.
Segundo Flávio Augusto: “ Se alguém disser que é fácil é mentira, mas se alguém disser que é impossível é porque já perdeu a fé e está morto ou porque é um sabotador de sonhos.”
O que aprendi: Alcançar objetivos não é nada fácil até porque quando sonhamos, planejamos e estipulamos metas, calculamos tudo; lucro, sucesso, fama, resultados positivos, menos as dificuldades. Por um lado isso não é tão ruim, até porque se iniciarmos um empreendimento pensando nas dificuldades, nos empecilhos, nos obstáculos, com certeza seremos motivados a desistir. No entanto, dificuldades existem e sempre vão existir, só precisamos aprender o que fazer com elas. Temos duas opções: Desistir de tudo e aprender a convivermos com o “Se eu tivesse feito” ou seguir em frente dando um novo significado às dificuldades. Talvez mudando até o seu nome. Que tal substituir o nome dificuldade por preparação?E quando as pessoas perceberem que estamos cansados, desmotivados e nos perguntarem: Está tendo dificuldades?E nós, calmamente responderemos: Que nada, estou apenas sendo preparado.
Se eu indico o livro Geração de valor? Sem dúvidas. É um livro direcionado para todos aqueles que entendem que empreender não é lucro, sucesso, fama, mas sim missão gerada através de VALORES.  Eu sou GV.

Mônica Bastos