19 de fevereiro de 2016

Lições de empreendedorismo do filme " Aprovados"

Esta semana, assisti ao filme: Aprovados.  A história narrada trata-se de uma ficção, mas de maneira alguma interferiu no meu aprendizado, o que acabou resultando em algumas lições sobre empreendedorismo. Talvez você até já tenha assistido esse filme, e quem sabe esteja se perguntando: O que podemos aprender com um grupo de jovens fracassados que não conseguiram uma vaga na faculdade?

Pois bem, assistir “Aprovados”, pode ser mais que um momento de diversão. Essa sem dúvidas é uma ótima comédia, que além do entretenimento, pode trazer riquíssimas lições de empreendedorismo.
1. Rejeitados por várias faculdades – Identificando a necessidade:
Alguns amigos, após serem recusados em várias faculdades, sentem-se humilhados diante dos colegas e das famílias, situação que desperta uma necessidade de mudar o quadro.

Um dos grandes aspectos que diferenciam os empreendedores de outros profissionais é a capacidade de lidar com situações difíceis de maneira criativa. A necessidade que assola muitos seres humanos foi o principal motivo da humanidade atualmente estar usufruindo de grandes invenções. Quando as coisas não estão fáceis, precisamos buscar uma saída e geralmente a encontramos após identificar uma real necessidade.
 2. Surge a ideia – Desenvolvendo e refinando soluções:
Um dos jovens tem a ideia de criar uma carta de aceitação de uma faculdade fictícia. Mas para a carta parecer real, eles criam um site da tal faculdade, para possíveis consultas.

Após reconhecer uma necessidade, precisamos trabalhar para descobrir a solução mais criativa e prática possível e depois disso, nos empenharmos, não apenas para melhorar a solução, mas para prevê futuras necessidades.
3. Colocando as ideias em prática – Correndo riscos:
 Após criarem o site da faculdade, os jovens enviam as cartas de aceitação para eles mesmos. Alugam um prédio e depois de reformá-lo, abre para visitação dos pais, com a supervisão de um falso reitor. Eles sabiam que corriam o risco de serem descobertos, mas mesmo assim, seguem com o plano.
Na sua essência o empreendedor é inovador, e busca tornar real as suas ideias transformadoras. Muitas vezes faz o impossível tornar-se possível, mesmo que para isso seja necessário assumir riscos em prol do alcance de seus objetivos. Todos nós sabemos que não há negócio totalmente seguro, motivo pelo qual o empreendedor é constantemente desafiado a conhecer todos os riscos ligados ao seu modelo de negócio, de maneira que possa trabalhar com o intuito de minimizá-los.
4. Recebendo mais alunos – Focando no cliente
 Uma falha no site da faculdade fictícia fez com que vários jovens reprovados por outras faculdades fossem aceitos pelo South Harmon Institute of Technology, agora os garotos tinham uma responsabilidade maior, cuidar da educação dos novos estudantes. Os jovens proprietários da faculdade montaram a grade curricular com a ajuda dos alunos, assim todos poderiam cursar as matérias que quisessem; mesmo aquelas mais inusitadas.

Para que um negócio se desenvolva de maneira contínua e duradoura, é importante que o empreendedor se concentre nos seus clientes, para isso é necessário perceber as suas reais necessidades e expectativas. Suprir a necessidade do cliente é a maneira mais fácil para garantir a sua fidelidade.
5. Surpreendidos pela concorrência – Criando um significado.
Quando um negócio vai bem, incomoda a concorrência. Após atrapalhar alguns planos da faculdade vizinha, o South Harmon Institute of Technology foi investigado e logo sua ilegitimidade veio à tona, causando grandes problemas. Mas o que havia nascido de uma brincadeira, agora fazia sentido e os jovens buscam a todo custo manter a faculdade. Eles conseguem uma audiência com o Conselho Estadual de Certificação. 

Após provar para o conselho que a faculdade foge dos padrões tradicionais, mas que consegue com êxito exercer o verdadeiro propósito da educação, que é estimular a criatividade e as paixões do corpo estudantil, o conselho que não rejeita inovações, dá a faculdade o prazo de um ano para provar que o seu programa experimental funciona.

Verdadeiros empreendedores são inovadores que sempre dão um real significado para o seu negócio. São pessoas cujo objetivo principal é impactar, mesmo que para isso tenham que chacoalhar a mente das pessoas, com o intuito de mudar à sua visão. Grandes empreendedores fazem dar certo, aquilo que a sociedade descarta com a suas crenças e atitudes muitas vezes tradicionalistas e conservadoras e por conta disso, tem que acostumar-se com o estigma de louco.
Segundo Abraham Lincoln: “Frequentemente é necessário mais coragem para ousar fazer certo do que temer fazer errado”. Coragem é uma das maiores e mais importantes qualidades de um empreendedor, isso sem dúvidas por ajudá-lo a desenvolver uma de suas principais competências, a inovação.

Mônica Bastos