A inveja

Inveja, uma palavra tão pequena, mas que tem grande poder de atordoar algumas pessoas movidas por tal sentimento. Pesquisei a respeito do seu significado, e segundo o dicionário a inveja é: Sentimento de cobiça à vista da felicidade, da superioridade de outrem: ter inveja de alguém; Tristeza ou desgosto pela prosperidade ou fortuna alheia; Desejo excessivo de possuir exclusivamente o bem de outrem.
É interessante como o dicionário traduz perfeitamente o significado da palavra inveja. Particularmente consigo resumir o seu significado em uma só palavra: Frustração. No meu entendimento, pessoas invejosas são simplesmente pessoas frustradas, que em algum momento de sua vida por algum motivo não conseguiram alcançar seus objetivos e que de alguma forma não foram preparadas para tais resultados. São sentimentos que afloram em pessoas de todas as classes sociais, independente de religião ou até mesmo de condições financeiras.
A base deste sentimento não está alicerçada naquilo que a pessoa possui, pelo contrário, está naquilo que lhe falta. Pessoas invejosas são pessoas que acreditam que para serem felizes é necessário que se tenha alcançado tudo: Dinheiro, status, poder, príncipe encantado, filhos bem sucedidos, amizades influentes etc. Se possuírem um ou dois itens desta lista, não é suficiente, a auto realização tem que abranger toda a lista, sendo assim a pessoa mais próxima que possui aquilo que lhe falta torna-se seu alvo.
Normalmente o alvo dos invejosos não são pessoas invejosas, são pessoas bem sucedidas, maduras, inteligentes e principalmente felizes com aquilo que possuem. Pessoas invejosas não entendem: Como que algumas pessoas são felizes sem possuir tudo o que pra ela é fundamental? Na verdade estas pessoas não sabem que o que faz uma pessoa ser feliz é justamente ser grata e estar satisfeita com aquilo que tem. Não sabem que para serem bem sucedidas de antemão é necessário alguns requisitos básicos,como caráter, sinceridade, esforço e muita coragem para trabalhar em prol do alcance dos seus objetivos.
A Pessoa invejosa tende a inverter os papéis, ou seja, ela passa ser a invejada, a inteligente, a bonita, a única capaz, a bem sucedida, a amada, a copiada e por conta disto torna-se a perseguida, a sabotada, a ameaça. Não compreendo porque sendo tudo isso não é a pessoa mais feliz. Nossa que mentes complicadas e ao mesmo tempo enganadoras.
Pessoas que se sentem o tempo todo invejadas não deveriam ter outra posição? Na verdade precisamos colocar cada pessoa no seu devido papel: O Alvo e o Invejoso.
O Alvo é aquela pessoa bem sucedida, feliz com sua família, com seu trabalho, com seus amigos, com sua fé. Satisfeita com aquilo que tem e trabalhando em busca daquilo que quer alcançar. Não se preocupa se estão tentando apagar o seu brilho, tem luz própria, e como tal é o principal responsável pela sua luz. Não se preocupa com sabotadores, é competente e sabe que se fizer o seu trabalho como deve ser feito, nada o impedirá. É seguro de si, não se importa com perseguidores, pois tem caráter e principalmente credibilidade. Não se sente ameaçado, já conquistou o seu espaço. Pessoas só ocupam lugares vagos e pessoas deste tipo não deixam seus lugares vagos. Não precisa dizer o que é e para que veio, sua vida e suas atitudes o definem exatamente.
O Invejoso é uma pessoa fadada ao fracasso, não se contenta com o que tem, é totalmente insatisfeito com sua vida, com sua casa, sua família, seus pouquíssimos amigos. Está sempre no papel de vitima, não consegue nada porque tem sempre alguém o perseguindo, o sabotando, impedindo de alcançar aquilo que ele tanto almeja. Não gosta de trabalhar, odeia arregaçar as mangas, mas no final adora levar os créditos. Adora aparecer, é inconveniente e muitas vezes não percebe que está fazendo papel de bobo. As pessoas estão o tempo todo rindo e criticando suas atitudes pelas costas. Aqueles que o cercam não percebem que estão sendo enganados e muitas vezes usados; automaticamente são descartados quando não mais tiverem utilidade.
Não é tão difícil identificar quem é o Alvo e quem é o Invejoso. É só comparar a vida dos dois e fazer uma análise.

Sabe em que verdadeiramente acredito?

“Porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará". (Gálatas 6:7)



Mônica Bastos

Postagens mais visitadas